quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Os Quatro caminhos...

Talvez eu tenha que ser como os rios: Que se dobram e curvam diante dos problemas
Talvez eu tenha que ser como os ventos: Que sobre voam as alturas e passam por cima
Talvez eu tenha que ser como a terra: Que se ergue como montanhas diante das dificuldades
Ou talvez eu deva ser como o fogo: E devastar os meus problemas

Mas no fim...um problema resolvido gera outros dois...e assim suscetivamente 
Pois essa é a vida, concertar nossos quebra cabeças para no final perceber que não existe concerto
E sempre vai faltar uma peça solta....



sexta-feira, 17 de outubro de 2014

O Ultimo Rugido...

E quando eu morrer diga que meu machado estava banhado em sangue
E quando me acharam me viram sorrir.
E quando se aproximaram viram minha alma ser levada aos salões de valhalla pelo Próprio Odin.

Pois fui digno e fui honrado
Na morte mostrei coragem
e em vida humildade

E nunca recuei diante das batalhas, sempre em frente eu marchei
E quando eu me fui...digam que me virão dar meu ultimo grito de vitória e vejam em minha mão o coração da besta que assolava esse mundo.



quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Passado fique onde estás...

E que meu passado fique para trás
mesmo que dele eu sinta saudades
Mesmo com as boas lembranças
Sei que dele tive dores
E hoje sei sorrir

Que meu presente se repita no futuro
Para que no futuro o brilho das estras ilumine 
meu caminho
e a sorte sorria para mim.

Pois eu sei que meu passado foi bom...e assim mesmo me causou dor, mas eu sei que meu futuro me trara bons frutos do amor.

terça-feira, 7 de outubro de 2014

Um brinde...

Erguendo meu copo ao luar eu brindo
Erguendo meu copo aos deuses eu brindo
Para meu passado eu me levanto e brindo.

Meu legado está em minhas historias
E minhas historias estão aqui para me lembrar de minha vida e de minhas memórias.

E que quando a luz da lua se for 
Que ainda reste Whisky na mesa
E que ainda reste alguém consciente para ouvir a historia de um velho guerreiro.

E que ainda reste tempo para um ultimo brinde a luz da estrela matinal.





segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Pelo Que Você Luta? ...

Perguntar por que eu luto, é perguntar o porque as folhas caem...é da minha natureza..

Por que motivo luto? Para proteger lar e família, preservar o equilíbrio e trazer harmonia.
Para mim a pergunta é Pelo que vale a pena lutar?

E chegara um dia em que uma decisão eu ei de tomar, escolher as minhas lutas, para que nessa decisão minha visão seja límpida e clara como as águas dos riachos que correm por minha terra.

E quando eu me for diga a todos pelo que eu lutei!

Lutei por Família
Honra
Justiça
e acima de tudo eu lutei para ver o esplendor de meu coração
um sentimento tão forte que me põe no chão...

Algo que me motiva e me cativa

Um sentimento chamado:
Amor

quinta-feira, 2 de outubro de 2014

A ultima visão...

A ultima coisa que vi foram seus olhos
A ultima coisa que senti foi seu cheiro
A ultima coisa que ouvi foi sua voz cantando ao vento
A ultima coisa que saboreei foi a lembrança de seus lábios.

Pois eis que agora estou indo ao fundo do oceano
Me Lembrando de seus cabelos vermelhos
De seu sotaque tímido e amoroso
De seus olhos que me chamavam em direção aos seus

E por ultimo algo que sempre vou lembrar é de você me dizendo ...
...Eu te amo...


sexta-feira, 26 de setembro de 2014

O Afogado....

As tempestades que enfrentei em minha vida, sempre foram cruéis...mas essa...arrasou com meu navio e com meu peito

Pois ao achar oque buscava vi ela sorrindo e bebendo com outro, E navegando sem rumo meu velho Navio afundou, e agora para o fundo do oceano eu vou.

Mas uma coisa eu sei, minha paixão não me matou
Muito menos me condenou.
Mas o meu amor me abandonou

E agora me afogo na escuridão e na solidão
De um mundo em que a minha unica sorte
Vai ser ver sorrindo a me esperar a senhora Morte.


Tempestade...

Estou agora em mar aberto atrás de meu passado
E do meu lado as rosas que plantei em minha casa para que eu pudesse lembrar de minha promessa a ela.

Passarei por tempestades e tufões, para que uma ultima vez nessa minha Ilusão
Eu possa sentir oque é amar no fundo de meu coração.

E que tudo não seja em vão. e que os deuses abençoem um velho marinheiro apaixonado. 
Em busca de sua velha Paixão.


quarta-feira, 24 de setembro de 2014

O Marinheiro e O lírio...

Eu sou um velho marinheiro que já teve suas cotas de aventuras
Meu antigo navio o Lirio Vermelho, velejava pelos mares veloz
Eu e minha Imediata Lilyan eramos inseparáveis...até que os ventos do destino sopraram contra aquilo que parecia ser um amor indestrutível

Hoje ela vive em uma terra distante de mim e segue sua vida, sem mesmo saber se vivo eu estou e se bem eu fiquei.
Enquanto eu sonhava e ainda sonho em vela bem e feliz.

Mesmo agora que tenho minha família, nunca me esqueci das rosas que prometi pra ela nem de nosso navio de velas ruivas.





terça-feira, 23 de setembro de 2014

Por do Sol...

Aqui estou sentado nos montes verdes de minha vida
Vendo o por do sol brilhar nas águas límpidas de meu passado
Vendo o navio de velas ruivas que saiu de minha vida.

E agora ronda minha vida, como uma sereia cantando para que no mar eu me jogue...e no passado eu me afogue.

De todas as batalhas que travei, as que eu sempre perdi foram contra meu passado...pois esse sentimento permanece adormecido.
Não morto.


domingo, 21 de setembro de 2014

Rosas...

Eu me lembro de uma promessa
Uma da qual nunca vou me esquecer
Para uma pessoa que hoje...não me recordo mais do rosto...
Mas lembro das palavras ditas...

Uma rosa por todas a vida eu ei de te dar, para que mesmo que o amor há  de acabar
Ainda haja esperança dele renascer no dia triste...e aquela flor a você lembrar o por que estamos aqui.

Hoje o mundo seguiu...e as rosas que colhi ainda estão aqui.



Dama de Preto....

Ouço o vento la fora junto da chuva fria de inverno
Vejo as ultimas brasas da lareira se apagando
Assim como olho no velho espelho empoeirado na parede
O tempo consumindo minha vitalidade.

Os livros que outrora me transportavam a milhas distantes daqui
Hoje juntam poeira na estante...junto as fotos de minha vida

E em todas as aventuras que eu estive, nas danças mortais, nas guerras e nos perigos em que beijei a morte e sorri ileso...vejo as chamas apagarem.

E quando a ultima chama da lareira se apagar....meus olhos eu fecharei....e em uma dança lenta eu serei levado pela dama de preto...que caminha nas sombras de minha vida

E para ela eu direi uma ultima vez:
"Dancemos novamente minha velha amiga"

sábado, 20 de setembro de 2014

Crença...

Há muito tempo atrás...um velho me perguntou
"Meu jovem em que você acredita?"

Pensativo..eu refleti em minha vida toda, pensei nos bons momentos
Maus momentos
E nos momentos onde eu vi sangue...

E respondi:
"Eu acredito, nos meus antepassados, nos velhos deuses que me guiam, mas eu acredito nas lagrimas que derramei, no sangue que dei, e nas dores que senti....Pois foram elas que me fizeram chegar até aqui"

Ele olhou com um sorriso e falou
"Então meu jovem...mesmo que sua alma se parta e seu corpo apodreça...teu legado, teu nome e tua honra hão de perseverar...."

Um momento de silencio se seguiu e eu fecho meus olhos e ele falou 
"Honre sua família e orgulhe-se de quem você é...e os Deuses farão tua vida fluir"

Quando abro meus olhos vejo que ele não está mais ali...mas ainda posso ouvir o barulho dos corvos voando...

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Adeus Meu Antigo Amor...

Adeus meu antigo amor 
Pois a terra com que tanto sonho
A vista esta ha me esperar
E do mundo eu quero só os melhores frutos
Assim como do bar só a mais gelada cerveja
Vai me saciar.

E dos meus versos que só dizem de amar
O mundo só quer ver
Esta terra que me da tanto prazer 

E que meu orgulho não me cegue 
E que nos vejamos lá
Pois eu digo
Adeus e boa sorte, pois quem não deseja acompanhar o amor só segue o azar.

E do universo que me cerca eu só faço a te esperar, nas belas cachoeiras  perto dos campos verdes e do sol alaranjado que vejo de minha varanda
Cantando versos da minha doce Irlanda.

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Graças aos Deuses Eu sou Irlandês...

Os ecos dentro de minha mente
Batem no cranio e gritam pela minha garganta 
Exclamando para que eu seja levado aonde minha alma corpo e sangue pertencem.

A terra verde
As espumas brancas das cervejas
E o entardecer alaranjado nas montanhas da minha terra natal

Lugar onde a felicidade é apenas uma questão de olha para o céu azul
Junto da chuva que reúne as famílias em volta da lareira para que ...

Eu pegue meu violão e no ritmo dos Deuses, eu louve minha terra que foi ah muito tempo abençoada e que agora graças a eles eu posso sorrir com os olhos cheios de lagrimas, poder cantar as belezas da bandeira que a tanto eu sonhava poder estar nesta minha terra através do mar. 


Diferenças....

Seja você sem medo de sorrir
Sem medos , sem preocupação
Ouça os ecos da Igualdade e responda
"FODA-SE EU NÃO VOU SER SÓ MAIS ALGUÉM"

Dance para Lua
Ou Cante pro Mar
Assovie para o Sol

Seja Irlandês
Seja Americano
Brasileiro ou Alemão
Seja você

Sorria para os Deuses
Ou leia a ciência
Reze para tudo ou para Ninguém

Proteja a natureza ou coma muita carne
Não importa enquanto você for você
Nada nem Ninguém vai poder desmoronar o mundo em cima de você 

Pois a força da sua vontade é mais forte que a língua venenosa da sociedade.

quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Noite de Inverno...

Poderia te oferecer um Whisky 
Ou até mesmo uma taça de vinho
Para que nesta noite fria você possa te aquecer

Mas ofereço agora, um abraço e um coração que queima como 10 mil bombas nucleares por você e está pronto a te proteger e dar sua vida para ver você sorrir.

Minha alma achou sua ultima batalha ao ver seu sorriso
Seu leito ao ver teus olhos
E sua felicidade ao te ver chegar.

domingo, 3 de agosto de 2014

O Monitor...

Sentado em frente ao computador com meu Whisky vendo o passado
A pouca luz da lua que entra por entre as frestas da janela
Ilumina a completa escuridão e o vazio completo de uma alma condenada

O monitor já velho iluminando meu rosto coberto por cabelos brancos e a barba branca, tudo refletido na tela.
Alta madrugada e a lua brilha....

As lagrimas de uma batalha, o sangue de um guerreiro....agora acabado e aposentado...olhando o passado e vendo tudo
Sem saber se oque ele sentia era

Remorso ou Alegria.

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Saudade eterna...

As lagrimas derramadas não são de tristeza e sim de saudade
e cada gole no whisky amargo...inunda meu coração com sua imagem e cada passo em direção ao seu berço de descanso eterno as lagrimas aumentam

A saudade inunda meus olhos pela saudade que você me traz
das risadas proporcionadas e dos bons momentos a saudade aumenta cada dia mais

Perder você foi devastar boa parte da minha vida
Foi perder a alegria do meu coração
O sorriso da minha alma

quinta-feira, 17 de julho de 2014

Verdade...

Se todos falassem a verdade o mundo teria mais dor
Mas essa dor se curaria mais rápido...
Pois a mentira envenena a alma e condena o coração
levando a loucura as pessoas

A verdade pois mais que doa
é uma dor passageiras
Um corte de faca simples
Que no futuro não existira marcas ou lembranças das dores que passamos

Pois ao mesmo tempo que esfaqueia ela costura

A verdade é a luz forte que cega e logo em seguida clareia o mundo para quem tem paciência de colher seus frutos

segunda-feira, 14 de julho de 2014

Ultimo suspiro...

Meu corpo pode morre nesta terra distante de casa
Mas meu coração e alma sempre estarão repousando sobre minha doce terra através do oceano

E que os deuses me ouçam uma ultima vez e me permitam que lá meu corpo possa repousar
Pois um filho da pátria deve morrer onde seu coração pertence

E ainda em que meu ultimo suspiro ei de ver uma ultima vez os brilhantes luminosos campos da minha doce irlanda.

terça-feira, 10 de junho de 2014

Erros Passados...

Sombras escuras de um passado esquecido e nem tão distante, hoje não passam de lembranças dentro do meu copo de Whisky....

Uma lembrança atras da outra envolvidas em memorias alcoólicas, sorriso esquecidos e amigos perdidos, não vai mais ter aquele hora, aquele segundo...

TUDO já esta milhas de distancia para trás e eu nostálgico como sou fico relembrando bons momentos e maus também...para novamente lembrar o sabor da vida inocente que eu tinha...

Um erro meu querer crescer e descobrir que o mundo é frio e perigoso, mas de todos os meus erros os que nunca vou esquecer serão de não ter feito tudo que pude ter feito...

Agora velho e rabugento sentado em uma sala vazia e escura somente com a luz da televisão reprisando meu passado eu vejo que tudo que eu quis eu já tinha...

Só não tinha percebido e aproveitado como devia.

segunda-feira, 12 de maio de 2014

Cegueira....

Cercado por serpentes
caído em um ninho de víboras
Meu orgulho, medo ou coragem me cegaram ...e não vi onde eu cai

Me deixei ser pego por falsas impressões, moralismo e educação....
Onde a muito tempo eu pensava ser um porto seguro de amizade...
Hoje vejo que na verdade era uma ilusão, falsidade e alguns até mesmo rochas que estavam se fazendo de ilhas seguras....

Percebo hoje que mesmo com os olhos abertos eu não queria ver a verdade....mas tudo tem um limite....

Então eu vou colocar um fim...a tudo...que já passou do limite...
Matando uma serpente por vez....uma falsidade a menos por dia...

domingo, 4 de maio de 2014

Tudo...

Momentos únicos de sorrisos são perdidos em poucos segundos
Alguns de nós vão sair e vão sorrir enquanto outros apenas sentaram e vão ver como a vida é
Sempre quis acreditar em felicidade sem dor...

Mas sabe como é ...na vida nada é de graça tudo tem um preço...
Tudo...

E tudo oque te falei quando você me deixou de lado....
Era a dor do meu peito te mostrando oque eu precisava....mas você continua nesse jogo de me ignorar...

E no fim de tudo fico eu com uma cara embriagada pelo o Whisky vagabundo e os olhos cheios de lagrimas por te ver partir...

No final tudo sempre sera o mesmo...
Tudo..

quinta-feira, 1 de maio de 2014

Um segundo...

Um vida perdida em meio ilusões
Um segundo é um piscar de olhos em anos de ilusões meus olhos piscaram muitas vezes...e em cada segundo perdido...

Em cada maldito segundo perdido eu me culpo por não perceber meus erros
Por não notar as falsas criações que meu coração colocava em minha vida..

Ai...veio você ilusão ou não...
Uma pessoa cuja o sentimento o qual eu simplesmente não consigo destruir...

Oque me resta é sentar...e ver você se entregar a todos menos a mim...
e me trancar em uma caixa na qual eu jamais sairei...pois a chave está com você junto de meu coração.

Diga a ela...

Diga a ela que todas minhas palavras permanecem escritas nas pedras
Diga a ela que minhas juras estão vivas...
Diga a ela que meu sentimento ainda está onde ela deixou jogado

Mas diga a ela que meu corpo está caído no chão frio
Lembre ela que a lareira do meu coração está se apagando...
Lembre ela que foi ela quem deixou o vento frio entrar quando ela partiu

E que você morte..só está aqui por ela ter ido...

domingo, 27 de abril de 2014

Colecionador de sonhos...

Fico colecionando sonhos inacabados
Alfinetando eles em meu peito como se por alguma razão ou magica eles fossem se realizar....

Fico caçando borboletas em meus estomago...
Fico procurando vaga-lumes em meus sonhos para iluminar meu caminho a você....

Fico rabiscando nomes aleatórios....mas todos eles...formam o seu como em um anagrama complicado se descomplicando por um coração que bate em teu nome....

Erro...

Eu venho repetindo os mesmos erros com você
Venho confiando em um futuro sem vida...
Pois em cada gota de cor que eu coloco nele...você despeja baldes de tinta preta....

Já não vejo muitos motivos para continuar lutando..
Pois cada passo que dou em direção a você
Você salta metros para trás..

Falar que quer estar comigo mas nem ao menos tentar ficar ao meu lado
faz toda minha luta indigna...pois eu sempre vou cantar a mesma musica
somente o ritmo sera diferente....

quarta-feira, 23 de abril de 2014

Sombra esquecida...

Eu sou minha própria sombra....afastada e escura
Jogado em segundo plano...apenas seguindo paralelos e nunca minhas vontades
Um anjo sem asas....algo incompleto e sem valor....algo pelo que você passa e nem nota

Um vaso empoeirado....esquecido junto a flores muchas e mortas em um canto de uma sala escura...

Uma pergunta ignorada e que nunca se achara a resposta....
Um divã sem paciente....um caderno...sem linhas

Uma foto em preto e branco....

quinta-feira, 10 de abril de 2014

Antigo Herói

Lembro me de ver você sorrindo
Lembro de ver você herói de minha infância
Lembro de você me falando dos doces campos do paraíso.

Verdes e planos  com flores onde não havia dor nem sofrimento
E hoje cada dia mais vejo que esses campos do paraíso....é onde você esta
A saudade marcada e cravada no meu peito fica difícil esquecer e saber que quem me criou....

Hoje não pode ver o fruto que fez crescer, O homem que me tornei e muitos dos meus sorrisos foram você meu antigo herói que causou.

quarta-feira, 9 de abril de 2014

Doces campos

Os doces campos em que ando em meus sonhos...ficaram no esquecimento...pois as trovoadas da realidade batem a minha porta
E aqui me vejo novamente...isolado em minha mente....sozinho...e deixado aos lobos..
Que um dia outrora foram ....os que achei que me salvariam
Agora vejo que nada que acontece de repente é bom....pois se fosse não teria acabado...

E tudo assim é como vento...soprando a poeira...e tudo vai acabar...quando a garrafa ao meu lado chegar ao fim...
Então venha vamos brindar tudo que não deu certo, os amores esquecidos e os que nunca chegaram a florescer...

E agora vou indo...antes que...mais uma cicatriz se forme em meu velho e usado...coração..

sexta-feira, 21 de março de 2014

O blues de minha alma

Sentado em um calçada no centro da cidade eu vi um velho cego..tocando violão...
Curioso me aproximei e perguntei..
"O senhor aprendeu a tocar antes de ficar cego?"
Com um sorriso no rosto ele responde
"Não meu jovem...eu nasci e cresci cego..e aprendi a tocar mesmo assim."

Ele tocava uma melodia suave...e cantava...um blues..com sua voz rouca...que penetrava em minha alma...
Quando ele...terminou..perguntei novamente..
"O senhor tem muito talento, como aprendeu a tocar?"

Ele apenas disse
"Ouvindo minha alma...e seguindo meu coração...e as batidas de meu coração guiam minhas mãos...e minha alma soltam as palavras....O mundo meu jovem...é como um blues...não importa se é triste...uma hora ou outra ele te fara sorrir...mas ai sera com você manter o sorriso ou não"...

Whisky de outono

Entro no bar com minhas roupas todas amassadas e molhadas pela chuva fria que caia na quela noite de outono...
Sento na cadeira em frente ao bar e falo ao barman
"Uma dose dupla de Whisky por favor, pois a noite é fria...e minha cama esta vazia..."

Ele coloca o drink...e me olha como se visse uma alma condenada vagando pela terra e pergunta
"Tudo bem amigo, parece ter saído do inferno"
Pego a bebida e viro o copo em um só gole...minha cara amarga pelo whisky vagabundo...me viro pra ele e digo
"Não sai do inferno, mas nessa noite em que eu perdi tudo...acabo de entrar no inferno.."

Assustado ele serve uma outra dose e fala..
"Por conta da casa, a sua alma condenada já teve muito por essa noite...e não é de meu feitio deixar um homem amargo...e sofrido...sóbrio"

Novo dia, Mesma velha canção

Queria ter o poder de mudar tanta coisa, tantos erros cometidos, palavras erradas e palavras não ditas...
Queria ter acertado com tantas coisas...

Mas querer não é poder....

Acho que tudo tem seu tempo...até mesmo o tempo as vezes precisa...de tempo pra fazer tudo acontecer

Novo dia mesmos erros e a mesma velha canção ainda toca no meu radio esquecido na sala....
Talvez seja só o Whisky falando, ou talvez seja o coração fazendo uma faxina e fazendo eu olhar tudo que já queimou dentro dele....

Mesma chama...nova história...

Aqueles velhos dias de um futuro que não vão vir

Aquela velha melodia que antes embalava nossos corações, aquele vento que soprou no nosso rosto na quela tarde chuvosa enquanto eu te escondia debaixo dos meus braços...
Aquele sorriso perdido ao me ver rindo daquela piada boba que eu mesmo contei, aquela carinho na tarde em que fiquei doente e você preocupada, aquela briga que no fim acabamos deitados no chão e começamos a rir pois nenhum de nós sabia mais o por que de estarmos brigando.

Cada momento desse podia ter sido vivido, mas não foi......eu desisti a muito tempo, eu errei e hoje pago pelos meu erros, Os deuses sabe o quanto de sangue eu já vi e o quanto de sangue eu já derramei, mas a vida ultimamente parece...

Confusa, perdida, distante e errada....

Tantas pessoas a minha volta mal. e eu aqui divagando sobre o futuro que não chega, sei que hoje você não deve mais olhar para mim com os olhos cheios de ternura de quando a chama queimava, loucura e loucura nunca fui de loucuras e acho que nunca serei, sou assim sistemático e no afim acabo sendo louco do mesmo modo.

Acho que o tempo tem levado minha memoria

Eu nem me lembro mais de seu rosto, nem de seu cheiro muito menos da sua voz
ah como ela era mesmo?

Acho que passei muito tempo preso dentro de mim, já havia me esquecido que você me trocou por um alguém...por comodidade e desistiu do que dizíamos ser eterno e verdadeiro, do que imaginávamos todas as noites falando pelo computador..é disso eu me lembro....

Daquela amizade que mudou pra algo correspondido...mas acho que no fim estávamos em um jogo de poker e eu nunca fui bom com blefes...mas você foi uma mestra nisso me enganou por tanto tempo...

Se não fosse pelos meus amigos eu acho que jamais teria abrido os olhos e visto no precipício em que caminhava....

E por favor não me venha com falso moralismo...você quis assim...eu dei mil opções e você só escolhias as que me deixava longe de você..

Hoje ja não te reconheço mais...e sinceramente estou muito melhor assim
Um amor não vivido é melhor que um amor mal amado.